Banco Finantia: 5º lugar em solidez financeira e 6º lugar em eficiência entre os TOP 250 bancos da União Europeia

De acordo com o Ranking 2017 efetuado pela revista britânica The Banker (Grupo Financial Times), o Banco Finantia, entre 250 bancos da UE, é o 5º banco a apresentar rácios de solidez financeira mais altos e o 6º banco em eficiência (cost-to-income).
Fundada em 1926,The Banker é a mais importante publicação do sector bancário, com uma distribuição alargada a mais de 180 países.

Na performance do Banco Finantia há um aspeto que se realça: a solidez financeira.
O Banco Finantia apresenta rácios de solidez financeira bem acima da média portuguesa e europeia, como comprova o facto de ter sido distinguido como o 5º Banco mais sólido da União Europeia, de acordo com o Ranking 2017 efetuado pela revista britânica The Banker (Grupo Financial Times).

Mas o Banco Finantia não é só forte em solidez financeira. A sua força também se revela ao nível da eficiência. Com base no Ranking 2017 efetuado pela revista britânica The Banker (Grupo Financial Times), o Banco Finantia é o 6º banco mais eficiente entre os Top 250 bancos da União Europeia. O rácio de eficiência (cost-to-income) do Banco Finantia foi de 26,40%, um dos melhores entre os bancos europeus.

Não se atinge este nível de desempenho por acaso. Ao longo de três décadas de existência, o Banco Finantia tem mostrado uma capacidade de adaptação assinalável:

  • Internacionalizou-se, estando hoje presente nos EUA, no Brasil, no Reino Unido e em Espanha.
  • Recebeu vários prémios, reconhecendo a qualidade do seu trabalho, sendo de realçar os prémios atribuídos pela Euromoney, tais como Best Securities Firm in Portugal, Best Smaller Bank in Western Europe e Best Smaller Investment Bank in the World.
  • Apresentou sempre resultados positivos, sem nunca deixar de ter os “pés bem assentes no chão”. A prova disso é a forma como o Banco Finantia tem estado a lidar com a crise que se abateu sobre a economia portuguesa e mundial. Ajustou-se, desalavancou e apostou em novos segmentos de mercado.

O caminho é longo e por vezes sinuoso, mas será sempre mais fácil fazê-lo quando os alicerces do negócio combinam eficiência com solidez financeira.


Nota Técnica

O ranking dos Top 250 bancos da UE é baseado nos dados financeiros a 31 de Dezembro de 2016. O Banco Finantia aparece na 6ª posição em eficiência (cost to income ratio) e na 5ª posição em solidez financeira (financial soundness) e 186ª posição no ranking geral. O estudo/ranking efetuado pelo The Banker assentou em critérios objectivos, sendo utilizados vários indicadores:

  • Solidez Financeira - Capital Assets Ratio (Financial Soundness)
  • Dimensão - Assets
  • Força - TIER 1
  • Rentabilidade - Pre-Tax Profits
  • Desempenho - Profits on capital, Return on Assets, Ratio BIS Capital
  • Eficiência - cost to income

A forma de cálculo dos rácios de eficiência e de solidez financeira é a seguinte:

  • Solidez financeira ou financial soundness = (Fundos Próprios de base : Total do Ativo) x 100
  • Eficiência ou cost to income = [(Custos - Amortizações e Depreciações) : Produto bancário] x 100
Rentabilidade com segurança financeira é um princípio fundamental de gestão, do qual o Banco Finantia não abdica.
A solidez financeira, que este estudo confere ao Banco Finantia, não aconteceu de um dia para o outro. Ao longo destas 3 décadas o Banco Finantia tem mostrado uma capacidade de adaptação inquestionável:Internacionalizou-se, estando hoje presente nos EUA, no Brasil, no Reino Unido e em Espanha. Recebeu vários prémios, reconhecendo a qualidade do seu trabalho, sendo de realçar os prémios atribuídos pela Euromoney, tais como Best Securities Firm in Portugal, Best Smaller Bank in Western Europe e Best Smaller Investment Bank in the World.Apresentou sempre resultados positivos, sem nunca deixar de ter os “pés bem assentes no chão”. A prova disso é a forma como o Banco Finantia tem estado a lidar com a crise que se abateu sobre a economia portuguesa e mundial. Ajustou-se, desalavancou e apostou em novos segmentos de mercado. O caminho é longo e por vezes sinuoso, mas será sempre mais fácil fazê-lo quando os alicerces do negócio apresentam solidez.O caminho é longo e por vezes sinuoso, mas será sempre mais fácil fazê-lo quando os alicerces do negócio apresentam solidez.
A solidez financeira, que este estudo confere ao Banco Finantia, não aconteceu de um dia para o outro. 
Ao longo de 27 anos de existência, o Banco Finantia tem mostrado uma capacidade de adaptação inquestionável:
Internacionalizou-se, estando hoje presente nos EUA, no Brasil, no Reino Unido e em Espanha. 
Recebeu vários prémios, reconhecendo a qualidade do seu trabalho, sendo de realçar os prémios atribuídos pela Euromoney, tais como Best Securities Firm in Portugal, Best Smaller Bank in Western Europe e Best Smaller Investment Bank in the World.
Apresentou sempre resultados positivos, sem nunca deixar de ter os “pés bem assentes no chão”. A prova disso é a forma como o Banco Finantia tem estado a lidar com a crise que se abateu sobre a economia portuguesa e mundial. Ajustou-se, desalavancou e apostou em novos segmentos de mercado.
O caminho é longo e por vezes sinuoso, mas será sempre mais fácil fazê-lo quando os alicerces do negócio apresentam solidez.
 
Nota: O ranking dos Top 250 bancos da UE é baseado nos dados financeiros a 31 de Dezembro de 2013. O Banco Finantia aparece na 13ª posição em solidez financeira (financial soundness) e 179ª posição no ranking geral. Para aceder consulte por favor o documento em baixo.
Este site utiliza cookies. Ao navegar no site, está a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies.